[VN #2] L’ultimo treno della notte – 1975

IMG_20160112_172803(1)

História: Margaret e Lisa, são duas amigos da escola , ele decidem ir te comboio para Itália para passar o natal em casa da família da Lisa. Durante a viagem acabam por conhecer e provocar dois jovens delinquentes, após uma pequena coincidência eles todos acabam por partilhar uma cabine no último comboio para Itália..

Foram vocês que pediram mais um Video Nastie? Ora bem aqui está ele, o filme foi rejeitado pela primeira vez no Reino Unido em 76 quanto tentava chegar ao cinema, após toda a polémica há volta dos “video nasties” acabou por ser banido em 83, mas acabou logo por ser retirado no ano seguinte, só viu finalmente a luz do dia no Reino Unido em 2008 lançado em DVD pela grande Shameless Screen Entertainment, a minha versão é um blu ray da 88.

Night Train Murders é sempre comparado ao “The Last House in the Left” realizado por Wes Craven, mas para quem gosta de ser tão preciso, também se pode dizer que Craven foi beber inspiração ao The Virgin Spring de Bergman logo vamos ignorar qualquer ideia de ser uma cópia barata, claro que tem as suas parecenças é inegável rejeitar tal comparação mas na minha opinião acaba por ser melhor que o The Last House in the Left.

O filme passado na época de natal abre logo com uma cena de violência protagonizada pelos nossos vilões, ao fugirem da policia acabam por entrar no comboio onde irão encontrar as suas vitimas. Os primeiros 30 minutos de filme podem ser lentos, mas servem perfeitamente para construir suficiente suspense para o que está para vir.

Aldo Lado sabe construir bem o ambiente principalmente na segunda parte do filme quando as nossas personagens estão todas juntas, o suspense há volta do que pode vir acontecer é claustrofóbico e sufocante, o filme tem a sua violência física mas nunca mostra nada em excesso, a grande ideia será mesmo provocar uma violência psicológica. A forma como os nossos vilões são manipulados pela excelente “Lady in the Train” [Macha Méril] é simplesmente genial.

Night Murder Trains consegue facilmente o seu lugar da lista dos “nasties” e fico admirado que tenha saído da lista de uma forma tão abrupta, pois ainda hoje consegue causar calafrios, apesar de vivermos numa época em que matar uma pessoa parece cada dia ser algo comum e sem qualquer consequência para o seu infrator.

Next: Eaten Alive aka Death Trap

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s