Motel X 2014 [ 10 – 14 Setembro]

motelx_07_680x323

Em Setembro, o MOTELx contagia Lisboa com o melhor cinema de terror

 

A 8.ª edição do MOTELx Festival Internacional de Terror de Lisboa promete contagiar a capital portuguesa com o mais puro terror.

 

Além de contar com mais um espaço, o Teatro Tivoli BBVA, que se junta ao Cinema São Jorge e ao Palácio Foz (Cinemateca Júnior), o festival vai também ter, logo no início de Setembro, uma Warm Up, que irá incluir uma noite de Poesia Tumular no bar POVO, no dia 1, uma sessão cinema ao ar livre no Largo de S. Carlos, no dia 6, zombie parades MINI/MOTELx e uma festa de antecipação, a 5 de Setembro, no Musicbox.

 

Seguem-se cinco dias intensos de festival com o Serviço de Quarto, a secção principal, com os regressos de Fabrice du Welz, depois de «Vynian» (MOTELx 2009), com «Allelluia» (2014), e a dupla Julien Maury/Alexandre Bustillo com «Among the Living» (2014), que se segue a «Inside» e «Livide», ambos exibidos no MOTELx.

 

Este ano, o Serviço de Quarto conta com a estreia de autores já reputados pelos circuitos mundiais de festivais, como Nacho Vigalondo («Open Windows») e Adrian García Bogliano («Late Phases») e guarda lugar para as comédias de terror, como «Life After Beth», de Jeff Baena, e «Stage Fright», de Jerôme Sable.

 

À semelhança da edição anterior, as mulheres continuam presentes no MOTELx: dos EUA, chega-nos «Honeymoon», de Leigh Janiak e, da Austrália, «The Babadook», de Jennifer Kent. Ambos são primeiras obras e apostam no medo puro e duro, em detrimento de estratagemas narrativos ou efeitos.

 

A única secção competitiva do festival, o Prémio MOTELx – Melhor Curta de Terror Portuguesa, terá, em 2014, 13 curtas-metragens em competição: «Bodas de Papel», de Francisco Antunez, «Contactos 2.0», de Bernardo Gomes de Almeida e Rodrigues Duvens Pinto, «Demência», de Rafael Almeida, «Dentes e Garras», de Francisco Lacerda, «Epoh», de Pedro Pinto, «Forbidden Room», de Emanuel Nevado e Ricardo Almeida, «Gata Má», de Eva Mendes, Joana de Rosa e Sara Augusto, «Maria», de Joana Viegas, «A Morte é o Único Perdão», de Rui Pilão, «Offline», de Pedro Rodrigues, «Pela Boca Morre o Peixe», de João P. Nunes, «Schadenfreude – De Morrer a Rir», de Leonardo Dias e «Se o Dia Chegar», de Pedro Santasmarinas.

 

O júri do Prémio é composto por Gonçalo Waddington, actor, Luísa Sequeira, jornalista e actual directora artística do Shortcutz Porto, e Julien Maury, o realizador de «Inside» e «Livid».

 

O vencedor do Prémio MOTELx 2014, a anunciar na sessão de encerramento do festival, será contemplado com um prémio monetário de 3000 euros e um fim-de-semana de inspiração num hotel da cadeia Hotéis Belver, um dos patrocinadores do festival.

 

A secção Quarto Perdido, dedicada aos filmes de género portugueses, olha este ano para a “literatura negra” e recupera duas longas-metragens: «O Cerro dos Enforcados» , de Fernando Garcia, a partir de «O Defunto» de Eça de Queirós, e «Os Canibais» , de Manoel de Oliveira, a partir da obra homónima de Álvaro do Carvalhal.

 

Para os mais novos, a secção Lobo Mau apresenta, na Cinemateca Júnior, o ciclo “Espelhos, Dragões, Magia Negra e Esqueletos – Os Clássicos da Disney”, com três filmes de animação: «Branca de Neve e os Sete Anões» , «Pinóquio» e «Fantasia». Para toda a família, está também de regresso A Tarde de Jogos (pouco) Assustadores, dedicada aos jogos de tabuleiro, sempre com o terror como pano de fundo.

 

Os eventos paralelos continuam a fazer parte da programação do MOTELx: Julien Maury e Alexandre Bustillo vão estar à conversa com o público sobre a sua carreira e metodologia de trabalho, as dificuldades de filmar terror em França e aquilo que os fascina no género.

 

Destaque, ainda, para uma formação em efeitos especiais, para uma masterclass com Dan Frye, conhecido pelo seu trabalho em filmes como «Shaun of the Dead» ou «Prometheus», complementada por um workshop de lifecastings por Helena Batista e João Rapaz, e para a primeira masterclass de duplos no MOTELx, conduzida pela MAD Stunts de David Chan. De realçar também que os seguidores de “True Blood” vão poder assistir à antestreia do primeiro episódio da sétima e última temporada da série.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s