Street Fighter: Assassin’s Fist [2014]

STREET-FIGHTER-ASSASSINS-FIST-poster

“Ah e tal e coiso só fala de filmes e coisa e tal mas depois vem para aqui falar do Street Fighter: Assassin’s Fist que por acaso é uma web-serie”

por Anónimo

Agora deixando as brincadeiras de lado não consegui deixar passar ao lado esta série, web-série ou filme, ou chamem-lhe o que vos fizer sentir melhor com vocês próprios.

O Street Fighter consegue facilmente confundir-se com a minha infância , não que eu seja um especialista em artes marciais e ande por ai a fazer Hadoukens a torto e a direito, mas sim porque passei algum tempo a jogar este jogo na minha antiga Mega Drive na esperança de conseguir fazer os truques todos e chegar ao fim do jogo com todas as personagens, para ver os seus finais tal e qual como estavam descritos, numa caderneta de cromos que um primo meu tinha.

Como é obvio o meu jeito para jogar jogos de porrada é quase o mesmo que eu tenho para escrever criticas por isso nunca fui bem sucedido, mesmo usando o truque de atirar o comando contra a consola nunca consegui mais que fazer mais que um Hadouken ou um Shou Ryu Ken com o Ryu e o Ken mais que umas 5 vezes seguidas.

Street Fighter já teve direito a várias adaptações cinematográficas, temos para mim o mítico Street Fighter II : The Animated Movie que vi e revi umas 30 vezes, mas claro aquele que nos fica sempre na memória é o Street Fighter com o Van Damme, não vou gastar demasiado tempo a falar sobre esse filme. Mas na altura que ele saiu não havia informação a distancia de um clique como existe nos dias de hoje, por isso a expectativa era alta, demasiado alta para um miúdo que adorava a o jogo Street Fighter.

Após  20 anos de espera e entre um ou outro filme de animação relacionado com Street Fighter, chega finalmente algo que dá esperança para um futuro risonho a saga.

Joey Ansah & Christian Howard são fãs da saga do jogo Street Fighter e quando o lema “de fãs para fãs” é usado é meio caminho andado para algo funcionar, e principalmente para surpreender.

Ouvi falar sobre a série Street Fighter: Assassin’s Fist pelo menos há um ano atrás, perdi-lhe o rasto e voltou ao meu radar finalmente no Comic Con em Londres de este ano. As expectativas claro está eram baixas depois do murro no estômago que foi aquele filme do Van Damme nada nos prepara para um nova tentativa.

Mas quando alguém faz uma série fiel a história, não perde tempo em lutas cheias de efeitos especiais e tenta dar um ênfase mais a parte da construção da personagens sabe-se que está no caminho certo.

A série consegue cobrir duas fases marcantes da saga dos videojogos de Street Figther, o treino de Ryu e Ken e o nascimento de Akuma a personagem mais temível para mim a seguir ao Mr. Bison. Conseguem ainda sem inventar muito inserir em diálogos algumas dicas sobre outras personagens da saga como por exemplo o Guile ou mesmo o Dan.

Para fãs acérrimos de Street Fighter e para os outros esta série é obrigatória, e ainda melhor está disponível gratuitamente no You Tube, logo não há desculpas para não ser vista.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s