Cheap Thrills [2013]

JohnnyRyan_Artwork

Um poster, um trailer[mesmo que ultimamente pouco lhe ligue] é talvez a melhor forma de promover um filme, pelo menos para mim é assim que funciona, quantas vezes deixamos um filme de lado porque tem um poster horroroso e depois afinal torna-se um filme espectacular? São poucos os casos que me lembro, mas podem partilhar aqui se quiserem que eu agradeço.

Cheap Thrills sofre exactamente de esse problema, o poster original do filme é horroroso fico com a ideia que será um filme de baixo orçamento a tentar passar por algo que não é, e só o vi porque estava na programação oficial do Motel X 2013 e como já chorei durante muitos “artigos” anteriores este ano foi-me impossível deslocar a esse mítico festival logo fiquei a ver os filmes em casa.

Antes deixo em aviso que Cheap Thrills não é um filme de terror, no mínimo é um thriller com uma parte ou outra que se podia encaixar no mundo do terror, mas não deixa de ser um bom filme. Alias nos tempos actuais é difícil encontrar aquele filme de terror que nos convença ficamos sempre com a ideia que as ideias estão todas gastas, logo Cheap Thrills até acaba por ser uma verdadeira lufada de ar fresco.

E sem mais demoras porque da forma como escrevi parece que estamos perante um argumento genial, Cheap Thrills conta-nos a história de Craig[Pat Healy] um escritor falhado, casado e com um filho que trabalha numa oficina de automóveis, a vida dele não está fácil monetariamente, em poucas palavras está na penúria e brevemente vai ser expulso do apartamento onde vive se não pagar as rendas em atraso, no dia que recebe essa noticia acaba por ser despedido do seu trabalho.

Melhor forma de afogar as mágoas? Ir para o bar beber para esquecer, nesse mesmo bar acaba por reencontrar um amigo do secundário Vince [Ethan Embry] entre copos e conversa acabam numa mesa com Colin[David Koechner] & Violet [Sara Paxton] um casal com algum dinheiro e dispostos a desafiar os nossos dois protagonistas com propostas ridículas em troca de valores exorbitantes, como por exemplo 25 dólares para quem acabar mais depressa shot’s de tequilha.

O que de inicio eram desafios inocentes rapidamente se começam a tornar um pouco mais perigosos e com valores monetários mais altos, aqui o filme começa a ganhar um interesse redobrado. Se a uns meses atrás falei sobre o Cold Fish onde demonstrava até que ponto um homem consegue aguentar até explodir, Cheap Thrills mostra-nos até onde um ser humano consegue ir por trocar de dinheiro.

Penso que o filme em si não tenta ser moralista mas acaba por passar uma mensagem forte, sobre a influência que o dinheiro tem sobre as pessoas actualmente.

E.L. Katz tem aqui o seu primeiro trabalho como realizador depois de já ter feito argumento para diversos filmes. Brevemente vamos pode-lo ver na antologia de terror ABC’S of Death 2.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s