Sukiyaki Western Django [2007]

SukiyakiWestern

História: Um estranho pistoleiro chega a uma cidade onde existem dois clãs rivais que estão ambos procuram um tesouro escondido numa remota cidade ocidental. Sabendo que seus serviços são valiosos para ambos os lados, ele se oferece-se em ajudar o clã que lhe oferecer a maior parcela do tesouro.

Review: Fazer um remake de filmes sagrados como Yojimbo[de Akira Kurosawa] para mim deve ser considerado crime, e a sentença é pena de morte, mas fazer uma homenagem ao mesmo e sendo realizado pelo mítico Takashi Miike  já olhamos para o filme com outros olhos e esperamos que ele não nos desiluda.

Sukiyaki Western Django faz aquilo que Tarantino fez agora com o seu mais recente filme “Django Unchained”, presta um tributo aos spaghetti western, transformando-o aqui num “noodle-western”  e consegue resultar. O único senão que este Sukiyaki tem é por vezes parece que não quer ser levado a sério, demasiadas piadas “non-sense” durante o mesmo que faz que o resultado final nos deixe um pouco desiludido. Se estão a espera de um western tradicional podem ver este filme, tirando os pequenos toques “orientais” como no guarda roupa, e nas personagens que parecem modelos fotográficos o filme cumpre bem a sua missão, e a batalha final é simplesmente genial. Para quem gosta de animes, filmes orientais e um bom western, este é o vosso filme.

Nota: 7.5/10

HellRaiser: Hellworld [2005]

POSTER - HELLRAISER ‡8‡ HELLWORLD

História: Jogadores de um MMORPG baseado no “Hellraiser” ficam com as suas vidas em perigo depois de serem convidado para uma festa onde o anfitrião pretende mostrar-lhes a verdade por trás do mito Cenobita.

Review: Finalmente, é as primeiras palavras que me chegam a cabeça. Acabo aqui a maratona HellRaiser[ainda existe o HellRaiser:Revelations mas o mítico Pinhead[Doug Bradley] já não entra nesse filme logo decidi ficar-me por aqui].

Depois do espaço, de estar na Roménia e em recantos nunca antes imaginados finalmente Pinhead chega ao mundo virtual. HellRaiser:Hellworld sofre do mesmo que todos os anteriores filmes da saga, trás o nome “HellRaiser” atrás, pois se fosse um filme de terror convencional sem contar para a franquia até se podia safar como um bom filme. Aqui temos a participação de Lance Henriksen e este senhor sabe como roubar a cena durante o filme todo, este senhor foi feito para fazer filmes de terror e fazer de vilão, só por ele já vale a pena ver o filme.  Pois o resto do elenco é simplesmente mau demais, Hellworld transforma-se por momentos num slasher juvenil, com todos os clichés anexados ao mesmo. Infelizmente é isso que acaba por estragar o filme, isso e o final politicamente correcto.

Nota: 5/10

Como fiz com o Childs Play deixo aqui a minha pequena nota sobre esta maratona. HellRaiser começa demasiado forte, o primeiro filme será sem dúvida uma obra prima do cinema de terror, todos os restantes tirando aqueles que consegui ver alguma coisa boa nos mesmos, são simplesmente maus demais. De quem será a culpa por tal acontecer? Dos grandes estúdios que só conseguem ver o dinheiro a frente? Do próprio Clive que vendeu os direitos?Fica a questão mas sabe-se que assim usa-se e abusa-se do nome de Pinhead que provavelmente se tivesse sido melhor tratado hoje estava facilmente identificado com um dos melhores vilões do cinema de terror. Assim aconselho a verem o primeiro filme sem qualquer dúvida, e os outros vão a conta e risco.

Hellraiser: Deader [2005]

POSTER - HELLRAISER ‡7‡ DEADER

História: Uma jornalista descobre um grupo clandestino que pode trazer de volta os mortos e, lentamente, torna-se atraída para o mundo deles.

Review: Depois de 2 semanas sem poder ver filmes por motivos de força maior, volto finalmente a maratona HellRaiser que para grande orgulho meu estou quase a terminar.

HellRaiser: Deader segue exactamente a mesma linha dos seus antecessores ou seja, isto não é um filme de Pinhead e “amigos” isto é um abuso sobre os direitos de uma personagem icónica no cinema. Se o filme anterior tinha o seu interesse este simplesmente volta a estaca zero. Voltamos novamente a clássica investigação jornalística profunda em que chegamos ao meio do filme e já estamos com vontade de o desligar pois as ideias são tantas que acaba por se afundar nas mesmas.  Este acaba por ser mais um filme que foi directamente para o mercado de vídeo, e que segundo o imdb.com o argumentista tinha escrito para ser um filme de terror, e não um filme para a saga Hellraiser que mais tarde teve de adaptar o argumento para se tornar mais um capitulo.

Se tiverem a ideia de fazer uma maratona Hellraiser evitem este filme como se fosse a peste negra, pois não lhe consigo encontrar um ponto positivo.

Nota: 3/10

Hellraiser: Hellseeker [2002]

POSTER - HELLRAISER ‡6‡ HELLSEEKER

História: Kirsty Cotten agora está casada com Trevor Gooden. Num dia fatídico, os dois tem um acidente de carro fatal, matando Kirsty. Agora, Trevor encontra-se num mundo estranho cheio de mulheres sensuais, com jogos de ganância e assassinatos, fazendo-o acreditar que ele pode estar no inferno. Ele segue as pistas até ao nosso vilão Pinhead.

Review: Ao sexto filme a realização foi entregue a Rick Bota [realizador que ficara ligado aos próximos dois filmes de Hellraiser]. As ligações aos filmes anteriores a muito se perderam, mas no 6º capitulo da saga alguém teve a ideia de ir buscar Kristy as “catacumbas” e traze-la de volta a esse franchise. Talvez por isso, ou porque simplesmente a nossa personagem principal está com falta de memoria   o filme torna-se relativamente melhor do que os anteriores 3 já aqui falados. Colocar uma personagem com amnésia é meio caminho andando para nos agarrar no principio ao fim, ficamos sempre curiosos a  tentar perceber o que realmente se está a passar, a montagem da história é agradável, e Pinhead já parece mais um “convidado especial” que dá aquele charme ao filme. Fazer pior que os seus antecessores seria quase impossível, e este filme acaba por dar um bom capitulo a esta maratona de HellRaiser.

Nota: 6/10

Detention [2011]

MV5BMTk5NzMxMDA1Nl5BMl5BanBnXkFtZTcwODM3MDcxNQ@@._V1_SY317_CR12,0,214,317_

História: Este filme de comédia/terror é sobre um grupo de adolescentes que vão para a escola secundária Grizzly Lake. Quando um dos seus colegas de turma é morto por alguém vestido como “Cinderhella” (um personagem de um filme de terror popular) estão todos sob suspeita.

Review: Depois de quase uma semana de festejos devido ao aniversário do Alucard’s Corner com bebidas e bolos e direito a primeiras páginas em todos o jornais do mundo, voltei a ver filmes.

Para se ver Detention não aconselho que estejam sobre efeito de drogas, álcool ou os seus derivados. Este filme é quase como um trip psicadélica em que tudo passa a uma velocidade estonteante e nem temos tempo de associar as personagens que entram no mesmo. Um filme que segue o caminho de tributo aos slashers dos anos 80/90’s mas que também usa referencias descaradas ao cinema de 2000 para frente. Igual a tantos outros em termos de história, mas original na forma como essa mesma foi montada. Chega por momentos a ser um pouco confuso, se não estivermos atentos a todos os pormenores. Um filme que satisfaz e deixa no ar as saudades dos anos 90´s com a suas músicas e referencias.

Nota: 6.5/10

1 Ano – Alucard’s Corner

Não me tinha esquecido que há um ano comecei o meu blog, mas o WordPress.com também se lembrou e deu-me um taça por tal feito!

Ainda me lembro bem das minhas razões para começar este cantinho, e continuo a manter as mesmas. Um blog mais pessoal sem qualquer interrese em ser reconhecido, simplesmente uma forma rica e saúdavel para aumentar a minha procura por cinema, claro que agradeço a toda as pessoas que passaram por aqui, visitaram e comentaram. Não, vou mentir e dizer que esses momentos não me encheram o ego e fizeram com que eu quisesse continuar com mais força.

Quando cheguei aos 1500 disse que tinha ideias novas para o Alucards Corner, só consegui realizar uma entretanto, foi começar a fazer Maratonas de Filmes de terror. Mas agora que o blog faz um ano tenho sem dúvida que meter as minhas ideias a funcionar.

Deixo aqui algumas que tive e aceito sugestões de todos os cantos do mundo.. 🙂

  • Continuar as minhas maratonas de terror, depois de Hellraiser já tenho por aqui umas ideias para as próximas.
  • Realizar finalmente o meu festival FantasLX. Um festival que servirá de tributo ao mítico FantasPorto onde até já tenho nomes para as sessões, e alguns filmes escolhidos. Falta mesmo tempo é para meter em prática.
  • Abrir finalmente a rubrica Original vs Remake, tenho meia dúzia de filmes por aqui perdidos para abrir essa rubrica mas até agora ainda não consegui matar a preguiça.
  • Quero também fazer mini-maratonas de alguns realizadores que eu adoro, Wes Craven, Giuseppe Tornatore etc.
  • Tentar mexer mais o tópico da música, ao inicio tentei falar de álbuns que gostava, passei para músicas e no fim passei para nada.A ver se consigo mudar isso.

E por enquanto é isto, já são algumas ideias para o pouco tempo que tenho.

Obrigado a todos os que visitaram, comentaram, criticaram, recomendaram, riram-se do meu blog, espero daqui a um ano estar novamente a escrever aqui algumas linhas e espero que consiga ter algum dos meus objectivos realizados.

E como não tinha imagem para meter aqui, andei a procura de umas imagens do Freddy Krugger e encontrei isto, sujeito-me a levar porrada de uma pessoa que eu sei. Mas tinha que partilhar.

Bons Filmes!

brunette_freddy_krueger_improvisation_costume_38787_360x640

Hellraiser: Inferno [2000]

POSTER - HELLRAISER ‡5‡ INFERNO

História: Um detective da polícia envolve se  num mundo estranho de assassinatos, sadismo e loucura depois de lhe ser atribuído uma investigação de assassinatos cometida por um louco apenas conhecido como “O Engenheiro”

Review: Ao quinto filme HellRaiser não tem o privilégio de ir para os cinemas, vai directamente para o mercado de vídeo. Felizmente para os fãs de Pinhead. Já tinha lido em alguns sites da especialidade que a partir do 4 deixava de ser a saga HellRaiser e passava simplesmente a ser um uso e abuso da imagem do nosso vilão favorito. Infelizmente essa ideia veio-se a provar, HellRaiser: Inferno tenta dar novo sangue a saga, mas acaba por se tornar um filme mediano por culpa do realizador Scott Derrickson[que recentemente lançou nos cinemas o filme Sinister]. Tentou ao inicio fazer um filme com toques de noir, depois quis passar para um thriller psicológico, a meio do filme já era terror e para o final acaba novamente em thriller. Tenho que admitir que o final está bem construído que é sem dúvida o ponto alto do filme, mas o resto do filme é simplesmente mau. Pior que a própria realização só mesmo o desempenho do protagonista o Detective Joseph Thorne [interpretado por Craig Sheffer], um erro de casting em todas as formas e feitios.

Este filme é uma nódoa no currículo de Hellraiser, enquanto o filme anterior deu novas ideias para a história para manter o interesse, este simplesmente aproveita-se do sucesso dos filmes anteriores.

Nota: 5/10