Duplo F! [1351 Feast 1 & 1354 Frozen]

O que é Feast? Parece que é um filme de 2006 em que um grupo de pessoas homogéneas esta no bar a relaxar, quando de repente entra um homem com uma shotgun em punho a anunciar que o Apocalipse anda lá fora e vem naquela direcção para matar toda a gente.. Bem não será bem isso que ele diz mas não anda muito longe.

O argumento parece ter sido escrito pelos criadores do “Lost” com a quantidade de personagens que somos bombardeados logo de inicio, mas para não nos confundirmos a decorar nomes ou a tentar perceber que tipo de personalidade essas pessoas tem, o realizador trata logo de matar meia dúzia nos primeiros 30 minutos.

Comecei a ver este filme porque li que se encaixava no género de horror/comédia que é um estilo odiado por muitos, mas para mim é algo que me fascina, mas Feast encaixa-se mais numa festa de sangue,tripas e violência que parece ser o rumo que os filmes de terror actuais levam. Talvez para estômago mais sensíveis podem sentir que o vómito se aproxima mais rápido que o sangue que jorra de cada personagem que é morta durante o filme, mas para pessoas que já começam habituar-se a este tipo de violência gratuita(eu) não é nada de extraordinário.

A meio do filme comecei a lembrar-me do From Dusk Till Dawn, o ambiente, a história as mortes, logo se gostaram de esse filme vejam este pois é relativamente a mesma coisa mas com uns monstros um pouco mais feios.

Nota – 6/10

Um facto interessante, tinha este filme para ver já algum tempo mas fui adiando nem sei muito bem porque. Segundo facto interessante só depois de terminar o filme descobri que o mesmo era realizado por Adam Green (o mesmo realizador de Hatchet). Terceiro e último facto não é um festival de gore com sangue ao estilo de Hatchet é sim uma tentativa de fazer um filme parecido com o tubarão mas na neve. Alias esta é a critica que toda a gente lhe faz.

Como já tive oportunidade de referir ultimamente gosto mais de filmes de terror real, algo que podia mesmo acontecer a qualquer um, como ir fazer esqui e snowboard, ir num teleférico para o topo da montanha e ele parar,nunca por obra do acaso até penso que nesta parte esta bem construida a ideia e ninguem saber que lá estamos..

O problema de Frozen é a sua longevidade se o filme tivesse menos 30m era um must see para fans de filmes de terror real/suspense, tem momentos que realmente começamos a fazer o jogo “o que eu faria no lugar deles”, mas passado 1 hora já não estamos a pensar nesse jogo mas sim “quando acaba isto”. Outra parte que falha redondamente no filme é os dialogos, conversas sem grande interrese que acabam também por tirar um pouco de interrese ao filme.

Não deixa de ser um filme interresante mesmo que se pronlogue demasiado, tendo alguns bons momentos de suspense que fazem corar muitos filmes de terror mais mainstream.
Dupla Nota:

7/10 – Se o filme tivesse 1h
6/10 – Por 30 minutos completamente desnecessários, diálogos sem grande conteudo e fim previsivel.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s