Iron Sky (2011)

Iron Sky era daqueles filmes que mal ouvi falar sobre ele fiquei na esperança de poder ver o mais depressa possível, já com alguns prémios na bagagem e com uma história que prometia originalidade máxima, estava tudo pronto para mais um grande filme, infelizmente não foi..

Ora vejamos a história os Nazis refugiram-se na Lua depois do fim da segunda guerra mundial, formaram lá uma base, e tencionam voltar a terra, mas desta vez não para a conquistar mas sim para transmitir uma mensagem de paz e alegria(pelo menos é o que uma das personagens principais pensava que ia acontecer). Uma nave dos Estados Unidos aterra na Lua e descobre essa base nazi, um dos astronautas é preso e ajuda uma nave nazi a chegar a terra, onde tem como objectivo encontra-se com a presidente dos Estados Unidos(Sarah Pallin), até aqui tudo parece ter piada, mas infelizmente entramos na clássica piada “anti-americana” já mais que gasta e batida. O filme é fraco, talvez devido as expectativas que levantei sobre o mesmo me leve a ter esta opinião tão pessimista. Mas infelizmente só me consegui rir numa parte em que um representante da Coreia do Norte aparece a falar do conselho da segurança da ONU.

E não aceito argumentos como “o orçamento era limitado”, e etc pois podia-se ter feito algo melhor, muito melhor.

Se querem um filme com piadas “anti-america” vejam o God Bless America e não o Iron Sky.

Nota. 5/10

http://www.imdb.com/title/tt1034314/

The Shrine (2010)

Enquanto o meu festival de eleição MotelX não volta, vou vendo os filmes que não apanhei nas outras edições por falta de tempo/escolha.

Esta semana caiu sobre o The Shrine, com um poster apelativo esperava um filme cheio de sangue,gore e violência. Com o que me deparei foi mais um thriller de terror com algum sangue mas muito pouco gore e violencia.

Realizado por Gareth Evans este filme conta-nos a história de uma jornalista que decide ir investigar para a Albânia(os países da Europa do Leste devem ter a taxa de turismo mais baixa de sempre desde que o cinema se lembrou de fazer filmes sobre os seus países  Hostel/The Shrine). o desaparecimento de um jovem. Vão dar com uma aldeia que vive isolada do resto do mundo, e num ambiente quase medieval, que tem no fundo da mesma um “nevoeiro” intenso que nunca desaparece.

E mais não posso dizer se não tinha que vos contar o filme todo, tem um argumento interessante voltamos as crenças religiosas, mas tem uma falha abismal que por um lado é perceptível pois contaria o filme todo logo de inicio, mas a maior parte do filme é falado em Polaco, sem legendas em inglês, logo por um lado temos o suspense por outro lado temos a parte que ficamos a olhar para o ecrã a pensar “porque estou a ver isto?”

P.s. Vejam este filme nem que seja para verem o Varg Vierkens actual, ou pelo melhor diálogo do cinema dos últimos tempos digno de um filme português.

Varg – Are you english?

Marcus  – Yes (errado que era americano)

Varg – So go back to England English..

http://www.imdb.com/title/tt1341710/

Nota. 6/10

P.s. 2 – Queria meter esta música aqui não sabia como. The Shrine deu-me essa oportunidade! ;D

Mimic (1997)

Quando comecei o meu blogue tinha como objectivo ver filmes mais “underground” e fazer só criticas aos mesmos, óbvio que desde a sua criação já vim muitos filmes “comerciais” e afins, mas não coloco nenhuma critica pois existem milhões de sites/blogues melhores que eu para o fazer.

Para este filme deparei-me com esse dilema, fazer um critica ou não o fazer, acabei por decidir fazer por uma simples razão Guillermo del Toro e a nota do filme no imdb.com 5.9.

Não vou escrever a dizer que o filme é uma obra prima ou algo assim, mas quando vemos um filme com 5.9 eu pelo menos dou sempre um passo atrás.

Mas começando pelo inicio, este filme foi realizado por Del Toro(tenho uma relação amor/ódio) com este senhor, é capaz de me deixar completamente satisfeito quando vejo o Labirinto de Fauno e um pouco desiludido quando vejo o Cronos (mesmo quando me dá a oportunidade de rever o actor Federico Luppi ) melhor personagem de sempre de um filme chamado Phase 7.

Este deixou-me a meio termo, a história do filme é simples. Existe uma doença que está a matar as crianças em Nova Iorque, essa doença e essencialmente transmitida por baratas, sendo assim a Dra.Susan Tyler cria um “bicho” que irá matar todas as baratas que existem nos esgotos e etc, o nome do bicho é Judas!

Passado 3 anos descobre-se que o Judas sofreu uma evolução e tenciona matar todos os humanos, um filme com toques de Alien e Baratofobia e para mim para ser mais visceral e “nojento” devia ter sido realizado por Cronenberg (nos seu tempos inicias claro,não agora).

Acho que é um filme que vale a pena a sua visualização, não estamos perante nenhum Monstro da FC, mas para isso estou eu a espera doPrometheus, mas também não estamos perante o pior filme de sempre como as vezes parecem querer transmitir sobre o mesmo.

Se gostam de FC com uns toques góticos(a maneira de Del toro) vejam este filme e não se vão arrepender.

Nota – 6.7/10

http://www.imdb.com/title/tt0119675/

Serbuan maut (akaThe Raid) 2011

Para o meu post 50 trago algo especial, um filme da Indonésia(com co-produção americana), país que vai ficar debaixo de olho para próximos filmes pois encontrei aqui uma excelente alternativa ao cinema europeu e americano.

Realizado por Gareth Evans conta-nos a história de uma equipa da SWAT que vai a um prédio de 30 andares para apanhar um senhor da droga,quando estão dentro do prédio são descobertos. Então os habitantes recebem a ordem para matar todos os policias.

Admito que gosto de filmes de acção e este enche-me as medidas de todas as formas, a história é simples, já as lutas e todas as cenas de acção tem alguns momentos simplesmente geniais que vão ser difíceis de ultrapassar nos próximos tempos.

The Raid volta a por no mapa aquele típico filme de acção que já não se vinha a algum tempo no cinema, aqueles que se definem em “Porrada,Porrada,Porrada”.

Recomendo sem reservas este excelente filme.

http://www.imdb.com/title/tt1899353/

Nota – 8/10

 

Movie Quotes

[for demonstration, Mr. Kinney points a pistol at ED-209]
ED-209: [menacingly] Please put down your weapon. You have 20 seconds to comply.
Dick Jones: I think you better do as he says, Mr. Kinney.
[Mr. Kinney drops the pistol on the floor. ED-209 advances, growling]
ED-209: You now have 15 seconds to comply.
[Mr. Kinney turns to Dick Jones, who looks nervous]
ED-209: You are in direct violation of Penal Code 1.13, Section 9.
[entire room of people in full panic trying to stay out of the line of fire, especially Mr. Kinney]
ED-209: You have 5 seconds to comply.
Kinney: Help me!
ED-209: Four… three… two… one… I am now authorized to use physical force!
[ED-209 opens fire and shreds Mr. Kinney]

ED-209 Kick some ass

E Paul Verhoeven volta…